se a vida é circular,
por que param as mãos?



muhr - sleep (fonte: youtube.com)

não encontro o caminho da mão
para chegar ao princípio do verbo
e da matéria solar

estou quieto,
hoje
o vento não passa.

a luz recolhe-se ao horizonte
do lado do sono.

dizem que aqui,
deste lado,
o céu também é azul.


low - lullaby (fonte: youtube.com)
"Oiço os murmúrios do sol. Saboreio o que sou.
Sou renovado pelo espaço, nasço num espaço verde.
O que eu amo está perto entre a terra e o ar."*

E que o mar te cante: ao horizonte.

*António Ramos Rosa



field rotation - sleepless (fonte: youtube.com)
no silêncio circular das manhãs há o rumor das pálpebras que batem ao longo da silhueta do teu rosto. há a minha mão sobre a tua. há o verão dos teus olhos que escorrem ao longo da minha pele. e balouçam sobre o trilho de mar que murmura na tua boca.

a norte, as mãos estão na água. alinhadas com a tua voz.

se me soprares ao ouvido o teu coração, eu direi: sou água, sou boca, sou língua. sou em ti.


este silêncio - milagre (fonte: youtube.com)


quando chegas,
o horizonte do teu beijo fica pousado na boca

e estou aqui,
na orla de luz
que o teu olhar desenha nas minhas mãos



m83 - coloring the void (fonte: youtube.com)